Nossa energia vem de você

Agência Virtual

Dia internacional do cooperativismo será marcado pela responsabilidade social

25/06/2014

O dia internacional do cooperativismo é comemorado no primeiro sábado de julho.

A instituição cooperativa não é algo novo, ela surgiu em 1844, na Inglaterra. Mas também é verdade que hoje essa forma de organização do trabalho, da produção, da comercialização, do crédito, do consumo e da prestação de serviços ganha nova vitalidade. Segundo dados da Organização das Cooperativas Brasileiras, OCB, o número de cooperativas cresce a uma taxa de 10% ao ano, envolvendo atualmente mais de oito milhões de cooperados em todo o país, o que determina imensa responsabilidade social.

Ainda, segundo a OCB, o perfil cooperativo tem se alterado na última década, no quadro da crise do emprego. Além dos ramos tradicionais do cooperativismo no Brasil – como no caso da agropecuária, habitação e eletrificação rural, categoria em que se enquadra CETRIL –, tem crescido o número de cooperativas de trabalho, voltadas à prestação de serviços autônomos ou à produção de bens.

Esse crescimento se explica, uma vez que a qualidade da resposta apresentada pela cooperativa está exatamente naquilo que ela se diferencia das empresas ou sociedades comerciais tradicionais. Na cooperativa, os benefícios da atividade econômica são descentralizados em favor dos associados.

A cooperativa possui, portanto, a singularidade de promover uma forma de cidadania econômica ao permitir que os trabalhadores possam prover a si próprios os mecanismos necessários a realização dos seus objetivos.